Estilo de vida

Sim, esta fase do seu ciclo é importante, mesmo que você não esteja tentando engravidar

Aumento da libido. Energia aumentada. Vitalidade amplificada. Humor aprimorado. Foco melhorado. A lista continua! Bem-vindo à sua fase ovulatória. Se a ovulação não soa nada, não se preocupe. Maioria mulheres menstruadas não estão familiarizados com isso. Por mais de uma razão, esta fase do ciclo permanece um mistério – um tópico (e experiência) frequentemente esquecido. Com isso em mente, estamos aqui para capacitar. Considere este guia completo como seu 411 sobre a fase ovulatória: quando ocorre, por que é importante, sinais de que você está ovulando e muito mais. Independentemente dos seus objetivos reprodutivos, a ovulação saudável é importante.

Edie Horstman




Edie é a fundadora da empresa de coaching nutricional, Wellness with Edie. Com sua formação e experiência, ela é especialista em saúde da mulher, incluindo fertilidade, equilíbrio hormonal e bem-estar pós-parto.

Uma recapitulação do ciclo menstrual

Se você viver em conjunto com o seu ciclo, tem medo da menstruação ou não está familiarizado com o seu fluxo, pegue um bloco de notas. Toda mulher cisgênero deveria – no mínimo – entender ciclo menstrual Fundamentos. Em sua essência, o ciclo menstrual é um processo complexo e rítmico. Envolve uma série de alterações hormonais e eventos fisiológicos que preparam o corpo para a concepção. O ciclo normalmente dura cerca de 28 dias (mas variações são comuns). O fase folicular dá o pontapé inicial, o fase lútea fecha o ciclo e a ovulação ocorre bem no meio.

Fase folicular

A fase folicular começa quando o sangramento começa. Este é o primeiro dia da menstruação. Esta fase dura até a ovulação. Durante esta fase – cerca de 14 a 18 dias – crescem folículos nos ovários, cada um contendo um óvulo. Estrogênio aumenta na preparação para um gravidez potencial.

Fase lútea

A fase lútea segue a ovulação e dura até o início do próximo período menstrual. Após a ovulação, a progesterona aumenta. Se a gravidez estiver prevista, a progesterona permanece elevada. Caso contrário, cai drasticamente e o sangramento começa novamente.

Mulher fazendo diário no sofá.

Quando é a fase ovulatória?

Está aproximadamente na metade do ciclo menstrual – por volta dos dias 12 a 16 (de um ciclo de 28 dias). Algumas mulheres podem ovular já no sétimo dia, e outras podem ovular até o dia 21. Isso depende totalmente da duração do seu ciclo geral! Durante esta fase, um ovário libera um óvulo maduro, marcando o pico de fertilidade. Se você está tentando concebera ovulação é uma janela crítica para o espermatozoide fertilizar o óvulo liberado.

Por que a fase ovulatória é esquecida?

Para começar, a menstruação ganha destaque. É a parte mais visível (e muitas vezes dolorosa) do ciclo. Por outro lado, a ovulação é de natureza sutil. Não há significativos para fora mudanças – a menos que você esteja profundamente acompanhando as mudanças do seu corpo. Por último, mas não menos importante, está imprensado entre o início e o fim do ciclo menstrual. Como tal, a fase ovulatória é facilmente ignorada. Mas alerta de spoiler: a ovulação é muito mais do que um precursor da concepção.

Mulher no quarto.

O que acontece se você não ovular?

Você tem um ciclo anovulatório. Isso descreve um ciclo menstrual sem ovulação (sim, isso pode acontecer!). Infelizmente, tem uma cascata de implicações de curto e longo prazo:

Consequências de curto prazo

  • Irregularidades menstruais. A anovulação leva a períodos perdidos ou padrões de sangramento imprevisíveis.
  • Dificuldade em conceber. Sem ovulação, a concepção não pode ocorrer (causando infertilidade ou dificuldade para engravidar).

Consequências a longo prazo

  • Infertilidade. Se não for tratada, a anovulação crônica pode levar a problemas de longo prazo infertilidade.
  • Síndrome dos ovários policísticos. A anovulação é uma característica marcante da SOP, um distúrbio hormonal com complicações de saúde a longo prazo.
  • Desequilíbrios hormonais. Com o tempo, a falta de ovulação contribui para desequilíbrios hormonais persistentes, levando a sintomas como menstruação irregular, acne, hirsutismo (crescimento excessivo de pelos) e distúrbios de humor.
  • Problemas de saúde óssea. O estrogênio desempenha um papel crucial na manutenção densidade óssea. A anovulação prolongada (e baixos níveis de estrogênio) pode aumentar o risco de osteoporose e fraturas ósseas.
  • Aumento do risco de hiperplasia endometrial e câncer. Sem a eliminação regular do revestimento uterino, o endométrio (revestimento do útero) fica mais espesso, aumentando o risco de hiperplasia endometrial e, em alguns casos, de câncer endometrial.
Mulheres em vestidos coloridos

Quanto tempo dura a ovulação?

A ovulação geralmente dura cerca de 12 a 24 horas. No entanto, a janela fértil, que inclui os dias que antecedem e imediatamente após a ovulação, pode durar mais de seis dias. Isso ocorre porque os espermatozoides podem sobreviver no trato reprodutivo feminino por vários dias, aguardando a liberação do óvulo.

Como saber se você está ovulando

Existem alguns sinais reveladores de que você está ovulando. Como mencionado, acompanhando as mudanças do seu corpo é uma ótima maneira de fazer isso. Caso contrário, o seu médico pode confirmar através de um teste de progesterona no dia 21. Ao medir seus níveis de progesterona quando se espera que eles atinjam o pico (cerca de sete dias antes da menstruação), você saberá se ovulou ou não. Deixando de lado os exames de sangue, estes são sintomas comuns:

Características físicas

  1. Aumento da temperatura corporal basal. Surgem em temperatura corporal basal ocorre devido ao aumento da progesterona após a ovulação. Monitorar a temperatura corporal basal pode ajudar a identificar a ovulação.
  2. Alterações no muco cervical. O muco cervical torna-se fino, claro e escorregadio, lembrando clara de ovo. Este fluido cervical promove a sobrevivência dos espermatozoides e facilita a fertilização.
  3. Libido aumentada. Você provavelmente experimentará um aumento no desejo sexual durante a fase ovulatória, impulsionado por alterações hormonais que promovem a fertilidade.
  4. Dor de ovulação. Algumas mulheres podem sentir um leve desconforto ou dor na parte inferior do abdômen, conhecido como mittelschmerz, durante a ovulação. Se você fizer isso, isso é normal!
  5. Teste de ovulação positivo. Os kits preditores de ovulação podem detectar o aumento do hormônio luteinizante (LH), indicando ovulação iminente.

Características Mentais

  1. Maior energia e vitalidade. Você pode se sentir mais enérgico e vibrante durante a fase ovulatória, devido às alterações hormonais.
  2. Humor aprimorado. O aumento do estrogênio nesta fase tem um impacto positivo no humor.
  3. Função cognitiva melhorada. Alguns estudos sugerem que as flutuações hormonais durante a fase ovulatória melhoram as habilidades cognitivas, como memória e consciência espacial.
Mulher sentada na cama de camisola.

Apoiando uma fase ovulatória saudável

Abaixo estão dicas testadas e comprovadas para nutrir esta fase do seu ciclo menstrual.

Coma pensando na ovulação

Quando sua menstruação terminar, concentre-se em proteínacolina, antioxidantese Ácidos gordurosos de omega-3. Esses nutrientes desempenham um papel no suporte de folículos saudáveis. E para a saúde hormonal geral, não economize fibra para frente ingredientes.

Amplie seus treinos

Graças aos níveis máximos de estrogênio, você tem energia para queimar durante a ovulação. Se há um momento para se esforçar, é esse! Aproveite os treinos de intensidade moderada a alta – aulas HIIT, ritmos mais rápidos, pesos mais altos, etc.

Conecte-se com seu pessoal

Marcada pelo aumento da energia e do humor, esta fase é um excelente momento para socialização, conexão e networking. Agende eventos sociais, festas, ou passeios com amigos. Além disso, o aumento de estrogênio em seu corpo pode ser uma janela ideal para solicitar aquele aumento que você foi muito tímido para pedir.

Obtenha um sono de qualidade

Como sempre, o sono é crucial para a regulação hormonal. Apontar para 7 a 9 horas de sono de qualidade para apoiar a saúde reprodutiva geral.

Tigela de grão de bico com batata doce.

Alimentos para comer durante a ovulação

Quando se trata de sincronizando com seu ciclo, o poder da nutrição não pode ser exagerado. Durante sua fase ovulatória, concentre-se no seguinte:

  • Folhas verdes. Espinafrecouve, acelga, etc. Eles são ricos em ácido fólico, auxiliando na ovulação e na fertilidade.
  • Peixe gordo. Cavala, sardinha, salmãoe a truta são excelentes fontes de ácidos graxos ômega-3, ajudando a regular os hormônios e a reduzir a inflamação.
  • Abacate. Abacates são ricos em gorduras saudáveis, incluindo gorduras monoinsaturadas e ácidos graxos ômega-3. Nós amamos comer isso torrada de abacate com pesto de couve durante a ovulação!
  • Bagas. Todos bagas estão repletos de antioxidantes, necessários para uma fase ovulatória saudável.
  • Ovos. Não só são ovos de alta qualidade são uma fonte conveniente de proteína, mas contêm nutrientes essenciais – como colina e vitamina D – para a fertilidade e a produção de hormônios.
  • Leguminosas. Lentilhas, grão de bico, feijão preto e outras leguminosas são ricos em proteínas, fibras e ferro. Estes são fabulosos para equilíbrio de açúcar no sangue.
  • Nozes e sementes. Amêndoas, nozes, linhaça, sementes de chiae as sementes de abóbora são ricas em gorduras saudáveis, proteínas e nutrientes essenciais para a ovulação e a fertilidade.
senhoras comemorando do lado de fora perto da fogueira_fase ovulatória

Não estou tentando engravidar – a ovulação importa?

Sim. Saber quando – e por quanto tempo – você ovula é fundamental para alcançar e evitando a gravidez. Mais importante ainda, irregularidades na ovulação podem ser um sinal de desequilíbrios hormonais ou problemas de saúde subjacentes. Pensar: síndrome dos ovários policísticos (SOP) ou distúrbios da tireoide.

Mito ou Fato, Edição Ovulação

Para finalizar, vamos testar seus conhecimentos.

  1. Mito: A ovulação só importa se você estiver tentando engravidar. Realidade: Embora a ovulação seja essencial para a concepção, ela também desempenha um papel crucial na saúde geral, incluindo o equilíbrio hormonal, a regulação do humor e a saúde óssea.
  2. Mito: A ovulação é sempre acompanhada de sintomas visíveis. Realidade: Embora algumas mulheres apresentem sinais físicos – como alterações no muco cervical ou leve desconforto pélvico – nem todas apresentam sintomas evidentes de ovulação.
  3. Mito: Pular a ovulação ocasionalmente não afetará seu ciclo menstrual. Realidade: Pular consistentemente a ovulação, devido a desequilíbrios hormonais ou outros fatores, interrompe o ciclo menstrual. Isto pode facilmente levar a problemas de saúde a longo prazo, incluindo períodos irregulares e problemas de fertilidade.
  4. Mito: O controle hormonal da natalidade elimina a necessidade de ovular. Realidade: Embora o controle hormonal da natalidade normalmente suprima a ovulação, ele não nega a importância da ovulação para a saúde geral.
  5. Mito: A ovulação é apenas um breve evento no ciclo menstrual. Realidade: A ovulação representa uma fase crítica do ciclo menstrual, marcada por picos hormonais e alterações fisiológicas.
  6. Mito: A menstruação é o aspecto mais significativo do ciclo menstrual. Realidade: Cada fase, incluindo a ovulação, contribui de forma única para a saúde reprodutiva e geral das mulheres.
  7. Mito: A ovulação só importa para mulheres que desejam ter filhos. Realidade: A ovulação afecta vários aspectos da saúde das mulheres para além da reprodução, incluindo a densidade óssea, a saúde cardiovascular e a função cognitiva. Apoiar a ovulação é essencial para o bem-estar geral – independentemente das intenções de gravidez.



Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button