Entretenimento

Veja por que Star Trek: Discovery Season 5 não parecia um final adequado

Imagine passar anos de sua vida elaborando uma nova adição a uma franquia histórica, apenas para um golpe decisivo dos chefões do estúdio selar o acordo e levá-lo a um fim abrupto. Para os roteiristas de “Star Trek: Discovery”, foi mais ou menos assim que tudo aconteceu… embora o momento não pudesse ter sido pior. Você vê, eles só descobriram depois as filmagens já haviam terminado na 5ª temporada, o que deixou os criativos lutando para criar o melhor final possível que pudessem fazer com o tempo que lhes restava.

Essa é apenas uma das revelações surpreendentes em A recente entrevista post-mortem da Variety com a produtora executiva/showrunner Michelle Paradise e a estrela Sonequa Martin-Green. Segundo a reportagem, a intenção original era terminar com Burnham e Booker (David Ajala) na praia, se reconciliando e fugindo para sua próxima missão fora das telas. Mas, para tornar o final um pouco mais satisfatório, Paraíso e o co-roteirista do final, Kyle Jarrow, criaram o epílogo de Burnham e Booker mais velhos, agora casados, enviando seu filho adulto para sua primeira capitania da Frota Estelar. De acordo com Paradise, “queremos saber o que está acontecendo com Burnham, antes de mais nada. E sabíamos que queríamos ver o elenco novamente”.

Para Martin-Green, a oportunidade de colocar próteses envelhecidas serviu a múltiplos propósitos, tanto narrativamente quanto pessoalmente:

“Você só consegue ver essa manifestação de legado dessa forma linda. Direi também que me pareço muito com minha mãe, e isso também foi um presente, poder vê-la.”

Incrivelmente, a equipe teve apenas três dias para filmar essa sequência. Aderido ou não, há algo essencialmente de “descoberta” em realizar um último milagre.

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button